Temuco



Uma das cidades mais turísticas do Chile é Temuco, que fica a 670km ao sul de Santiago, capital do país. Além disso, Temuco é uma comuna (município), que fica na província de Cautín, região de Araucanía.

Temuco foi fundada em 1881 e tem mais de 260 mil habitantes. Entre os visitantes ilustres, Che Guevara e Alberto Granado. A cidade foi a terra dos mapuches, que resistiram à conquista espanhola, mas acabaram cedendo a um acordo.

Até hoje, a economia da cidade e da região é baseada na produção agropecuária e florestal. Há muitas plantações de pinus e eucaliptos e a cultura tem muitas marcas do povo mapuche, alemão e chileno. Além disso, o turista pode visitar vários museus, há muitos objetos feitos em prata mapuche e a culinária baseia-se em pratos alemães e também nos alimentos que são consumidos pelo povo local, temperados com merkén, a pimenta usada pelos mapuche.

Na cidade, os turistas também encontram shoppings, choperias e zonas residenciais bastante modernas e atuais. Temuco também é a cidade na qual Pablo Neruda, poeta, viveu sua infância e escreveu muitos poemas baseados em Temuco. Muitos deles referenciam-se à chuva, apesar de a cidade não ser a mais chuvosa do Chile.

Em Temuco, também podem ser vistos muitos tetos de zinco, sendo que a cidade é conhecida pela existência dos mesmos. No verão, os locais de lazer são os lagos que ficam nos arredores da cidade, como o Villarica e o Puerto Saavedra.

Dentre as atrações da cidade, podem ser citados o Morro Ñielol, o Mercado, o Museu Regional e a Casa da Mulher Mapuche. O Morro Ñielol está a apenas cinco minutos do centro da cidade e é um local de vegetação extensa e preservada. Com 90 hectares, 60% das espécies são nativas, destacando-se a flor nacional do Chile, o copigue. Além disso, foi na base deste morro que os chilenos e o povo mapuche assinaram o acordo de paz em 1881. No local, há cinco trilhas para caminhadas e local para descanso e camping.

Já no Mercado são vendidos produtos de artesanato e comestíveis e também há restaurantes. Dos produtos, vários são originários dos mapuche. O Museu Regional, por sua vez, reúne objetos arqueológicos, históricos, fotográficos, pictóricos e etnográficos, todos datando entre os anos de 1.400 e 1800. Há mais de três mil peças em exibição e um dos principais destaques é a coleção de jois e produtos têxteis mapuche, que são do século XIX. Já a Casa da Mulher Mapuche tem muitos artesanatos da região feitos em lã, além de alguns objetos de ourivesaria e olaria.

Já nas proximidades de Temuco podem ser encontrados Carahue, Puerto Saavedra e Ilha Budi e o Centro de Esqui las Araucarias. Carahue está a apenas 56km de Temuco e é uma comunidade que data de 1.552. O local tem importância histórica e tem o melhor mercado de batatas do país. A comunidade também possui o Museu da Idade do Vapor, que reproduz 40 locomóveis, um tipo de locomotiva utilizado no início do século XX.

Puerto Saavedra e Ilha Budi estão a 87km. Puerto possui cerca de 14 mil moradores, que vivem basicamente da pesca e do turismo. Há várias praias no local, sendo as principais Maule, Boca Budi e Los Pinos. Já o Lago Budi tem águas salgadas porque o terremoto de 1.960 ergueu uma onda enorme que deixou as águas salgadas ao invés de doces. Neste lago, há a Ilha Huapi, habitada por vários povos mapuche-lafquenches. O Centro de Esqui fica a 82km de Temuco, próximo ao vulcão ativo Llaima. Muitos turistas conseguem capturar imagens da cratera expelindo lava vulcânica. O local é bem equipado e conta com hospedaria e cafeteria.

Deixar Comentario

CHILE TURISMO  |   MAPA DO SITE

 



tumblr statistics